Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um quarto para as nove

Para entreter uns minutos do dia

Um quarto para as nove

Para entreter uns minutos do dia

Retratos da vida alheia #2

As três irmãs andam quasenuma corrente de braços dados. Protegem os seus homens espadaudos dos olhares das moças que passam. Como se elas os galanteassem a eles e não o inverso. Eles baixam a cabeça e olham de esguelha por cima do ombro. Regalam a vista com os cotpos bem torneados e jovens das suecas. No bar elas caminham altivas, de costas quentes, que se alguém lhes respondem ou desagrada se juntam e acabam-lhe com a raça. Incapazes de compreender a sua profunda ignorância, a que está cega pela arrogância de se pensaram melhores do que são. Quem sabe no fundo animaizinhos assustados, que alguém lhes diga com todas as letras as tristes figuras a que se sujeitam. Assim olham de cima, tentam impor o medo a quem não o tem.