Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um quarto para as nove

Para entreter uns minutos do dia

Um quarto para as nove

Para entreter uns minutos do dia

Inveja

É o que sinto de forma injustificada. É o sentimento que me prende as mãos e o pensamento. É ela que me impede de dizer que gostei, de sorrir genuinamente, de ficar contente pelo outro.

O ser racional que me imponho diz para bater palmas, para ficar feliz, que as oportunidades chegam para quem nada espera e eu, num sentimento com sabor a ranço, digo "fico feliz por ti". E fico. Mas ficava mais por mim. Calha a oportunidade vir em minha direção.

Esta coisa de não saber bem quem sou. Esta coisa de me parecer que os outros sabem sempre para onde caminham. Esta coisa de a ideia ser sempre poucochinha perto de quem olha. Esta coisa da inveja, que me tolda os sentimentos. Esta coisa de não saber esperar. Porventura porque de boa vontade a vida nunca me bateu à porta. Passa sempre na leveza de quem pensa "se não se queixa é porque a coisa deve estar boa".

2 comentários

Comentar post