Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um quarto para as nove

Para entreter uns minutos do dia

Um quarto para as nove

Para entreter uns minutos do dia

Há coisas que às vezes apetece fazer

Hoje recebi um e-mail pessoal que me fez os neurónios ficar a atirar para o sanguinários das palavras. Numa qualquer vontade incontrolável de mandar alguém para a puta que o pariu. À laia do bom sendo, respondi algo mais polido.

 

Mas o draft inicial era mais puro:

 

Numa manhã em que o sol bate pelo pano e faz a vida parecer mais iluminada, numa 6ª feira de excrementos matinais, recebo a luz em formato de letras que se encavalitam numa mensagem digital repleta de força de falangeta. A vida que mais não é que um conjunto de emoções que se sentem desde o filho que nasce à chanfana que se come. Desde a alegria de um aumento de vencimento à prisão de ventre que nos comprime o cagalhão teimoso no interior.

 

Que magnânimas suas palavras, que indolência a minha em acreditar numa receita de 3 ovos, quatro palavras e mil sentimentos.

 

Tenho as falangetas em ferida mas continuarei, sempre…

 

P.S.: pó caralhinho que o foda e bom fim de semana.

 

6 comentários

Comentar post